Plástica capilar: tratamento com queratina hidrolisada

Para quem é indicado?

É o tratamento ideal para quem quer fios com mais brilho e resistência, principalmente para quem tem química e alisamentos ou sofre muito com as agressões diárias. “A queratina hidrolisada tem o peso molecular menor que a queratina comum, por isso consegue reconstruir a parte danificada do fio sem deixá-lo rígido e pesado”, explica André Alves, técnico de produtos da N.P.P.E.


Como é feito

Primeiro os fios são lavados com um xampu de limpeza profunda, que remove todas as impurezas e deixa o fio preparado para receber os ativos do próximo passo. Em seguida, um segundo xampu, desta vez de tratamento, devolve vitaminas aos fios. Depois da lavagem, com o cabelo ainda úmido, a queratina hidrolisada, que tem o aspecto de um creme muito consistente, é aplicada no fio, mecha por mecha. Sem retirar a queratina, o cabelo é submetido a duas fontes de calor: primeiro o secador, até retirar 80% da água, depois a prancha, a 200º, para aumentar a absorção da queratina e selar o fio. Quando o cabelo esfriar novamente, ela é retirada no lavatório. Para finalizar o processo e dar ainda mais maciez, uma máscara nutritiva age durante 5 minutos nos fios.


Testamos

"Meu cabelo estava muito enfraquecido por causa da falta de corte, então as pontas estavam espigadas e o comprimento sem brilho. A princípio fiquei com medo, já que a prancha é aplicada com a queratina ainda nos fios e solta muita fumaça - achei que meu cabelo ia queimar! Mas depois da lavagem final, fiquei impressionada. Além dos fios terem ficado macios e mais alinhados, o brilho dobrou. Nos dias seguintes ainda notei os benefícios: cabelos mais fáceis de pentear, com menos queda e menos frizz. É uma pena que, como meu cabelo é oleoso, eu tenha que lavá-lo todo dia, então os efeitos só duraram em torno de duas semanas" – Juliana Romano, repórter de beleza.



Fonte:Aqui
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Comente com o Facebook: