Síndrome do patinho feio

Todo mundo, em algum momento da vida, já se sentiu a última bolachinha do pacote.
Quem nunca se achou feia diante do espelho algum dia na vida? Fico pensando aqui com meus botões se todas as atrizes super famosas e aquelas modelos lindas não têm esse tipo de problema. Será que é um surto momentâneo de pessoas “normais” como eu?
É uma coisa que incomoda bastante, mas sinto que é necessária para que possamos nos sentir mais bonitas no dia seguinte, ou no outro talvez... É fato que hoje em dia existem milhares de métodos para ficarmos mais e mais lindas, mas quando nos sentimos assim, nada adianta, nem a roupa mais cara e desejada fica bem.



Essa beleza que não ‘percebemos’ vem de dentro e não há maquiagem, roupa, botox (leia-se toxina botulínica), massagem ou milagre no mundo que nos faça enxergar outra coisa neste bendito dia! Simplesmente, acordamos e vemos outra pessoa diante do espelho.

Hoje foi um dia desses. Acordei, me vi e pensei: “Meu Deeeeeuusss, que horror! E agora?”. Foi por instantes um susto, não conseguia me sentir à vontade de jeito nenhum!

Há tempos atrás me achava louca e problemática, mas a vida foi me mostrando que isso é absolutamente normal e acontece com TODAS as mulheres do planeta. Ainda bem, estava correndo o risco de surtar e não querer sair de casa. E as coisas não podem ser assim! O problema não é exclusivo meu, afinal, que egoísta, não? 

Ao contrário do que pensamos, somos nós que controlamos esses sentimentos tão intensos, embora não possamos perceber na maioria das vezes. Então, quando isso acontecer, porque acredite, vai acontecer, um conselho: fuja da rotina nos dias de “patinho feio”. É uma ótima saída!
Tem alguma coisa que você está com muita vontade de fazer há tempos e nunca consegue? Faça! Esse é o dia certo, acredite!

Coma alguma coisa de que goste muito, vá a algum lugar que dê prazer, compre um presentinho para si mesma, simplesmente descanse, faça uma massagem relaxante ou tome um banho bem demorado, satisfaça seus desejos mais íntimos sem que ninguém precise saber.
Pequenos detalhes fazem toda a diferença nesses momentos importantes para nossa auto-estima e são de grande importância para que seu dia termine bem!
Não quebrei o espelho, ufa!

Amanhã é outro dia!
Sintam-se lindas!
Grande beijo!

Por Renata Alarcon, conselheira amorosa, palestrante e autora do livro “Homens idiotas que você precisa (ou não) conhecer antes de morrer”.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Comente com o Facebook: